domingo, 20 de junho de 2010

AMOR DISTANTE...
Ah! Como eu quero viver o amor que um dia experimentei...
É um amor distante, mas muito presente;
É um amor lindo, muito lindo, mas eu ainda não o vi de perto;
É um amor forte, mas que nos torna sensíveis, simples e inocentes como crianças;
É um amor grande, mas que nos torna pequenos e desprovidos de desejos de grandeza;
É um amor de primavera, mas que está presente em todas as estações do ano;
É um amor atrevido, mas que sabe respeitar o coração amado;
É um amor que chora com a distância e uma possível separação, mesmo quando os corpos nunca estiveram juntos;
É um amor que traz paz em meio a tanta dor causada pela distância;
É um amor que encurta a distância e une dois corações em um só coração;
É um amor que dá esperança de encontro inesquecível;
É um amor que dá a certeza de nos pertencermos, mesmo quando as impossibilidades são reais;
É um amor que vivifica;
É assim! Isto é o nosso amor.

domingo, 4 de abril de 2010









Que homem é este
Que se esconde desse jeito
Por trás de uma máscara
Um fantasma a meu ver

Percorre todo o teatro
Segue todos os meus passos
Foi que me ensinou a viver

Homem sombrio
De uma linda voz
Seu canto ecoa
Em sons de sinfonia

Penetra em minha mente
Faz com que eu me sinta contente
Com uma pitada de agonia

Este homem misterioso
Todos querem ver seu rosto

Mas só para mim se mostrará

Um homem charmoso
Um fantasma misterioso
A quem eu fui me apaixonar